Derivado de tecnologia da MotoGP, propulsor quatro cilindros em “V” vai equipar futura moto superesportiva da marca italiana

O novo motor de quatro cilindros em “V” que irá equipar a futura superesportiva da Ducati foi apresentado em grande estilo no circuito de Misano, em San Marino, juntamente com mais uma etapa eletrizante do Campeonato Mundial de Motovelocidade MotoGP.

img120961-1504277050-v580x435

Novo Motor V4 de rua da Ducati já tem até nome: Desmosedici Stradale

Nada mais apropriado. Afinal, o “Desmosedici Stradale”, nome oficial do motor, trata-se de uma versão de estrada (daí o stradale) é derivado do propulsor Desmosedici. O potente V4 que equipa a Ducati de MotoGP que, nas mãos do piloto italiano Andrea Dovizioso.

img120966-1504277067-v580x435

Novo Motor será baseado no V4 que equipa a moto de Andrea Dovizioso

Das pistas para as ruas
Os rumores de uma nova superesportiva da fábrica italiana com o motor V4 de pista já existem há algum tempo, mas foram confirmados apenas em julho passado. Na época, a Ducati lançou a 1299 Panigale R Final Edition: uma edição comemorativa da última Panigale 1299 e seu motor Superquadro de dois cilindros em “V”.

Durante a coletiva de imprensa, o CEO da Ducati, Claudio Domenicali, fez questão de afirmar: “nenhum outro fabricante de motocicletas associou seu nome tão fortemente a um motor como Ducati fez com os dois cilindros. Hoje estamos aqui para celebrar a história, encontrando-nos na véspera da abertura de um novo capítulo no qual nosso sistema desmodrômico será usado em uma nova geração de motores V4 derivados do know-how desenvolvido no MotoGP, um terreno em que nosso motor demonstrou desempenho fora do comum”. 

img120964-1504277061-v580x435

Desmosedici: dezesseis comandos desmodrômicos controlam as válvulas

E pelos rumores que correm nas estreitas ruas de Bolonha, onde fica a fábrica da Ducati, o propulsor deve repetir o desempenho da MotoGP na futura superesportiva italiana. Segundo informações dos sites italianos, a nova moto já atingiu 311 km/h de velocidade máxima em Nardò, na província de Lecce, onde há uma pista de testes construída pela Fiat em 1975. E onde a Pirelli, fornecedora dos pneus para a Ducati costuma realizar provas também.
 
Mas não se empolgue tanto, pois a versão final da nova superesportiva Ducati vai ficar mesmo para a edição deste ano do EICMA, o Salão de Motos de Milão, que acontece somente em novembro.

Fotos: Divulgação

Fonte: Moto.com

União Motorcycle – Unindo Através das Duas Rodas